Qual a grande diferença entre toxina botulínica e ácido hialurônico?

Qual a grande diferença entre toxina botulínica e ácido hialurônico?

Conheça as diferenças entre as aplicações de toxina botulínica e ácido hialurônico

Mesmo entre tantas novidades no mercado estético, a toxina botulínica e o ácido hialurônico ainda são as substâncias mais utilizadas para realizar tratamentos no corpo humano. Mas uma dúvida que cerca muitas pessoas é: ambas as aplicações servem para a mesma coisa?

Se você deseja conhecer as diferenças desses queridinhos que ajudam a diminuir os sinais de envelhecimento, continue acompanhando esse blog, pois hoje iremos desmistificar essas duas substâncias que por mais que possuam objetivos parecidos, de amenizar as linhas de expressão, prevenir sinais mais profundos e combater a flacidez da pele, eles obtêm funções distintas. Acompanhe!

O que é toxina botulínica?

Primeiramente, é preciso saber o que é a toxina botulínica para compreender suas funções e para que serve.

A toxina botulínica é muito conhecida como Botox e trata-se de uma substância que é aplicada na região da face com a finalidade de diminuir os sinais de envelhecimento da pele. O tratamento com o uso da toxina visa corrigir ou levantar o ângulo das sobrancelhas ou suavizar as rugas de expressão. Ou seja, a toxina funciona como um relaxador dos músculos onde deixa o rosto do paciente mais leve e suave.

É importante frisar que o tratamento realizado com o uso de toxina botulínica dura em torno de 3 a 6 meses, dependendo muito do tipo do produto utilizado, da quantidade de substância aplicada e, é claro, das características de cada indivíduo. Normalmente, depois desse período, é comum que o músculo volte a realizar a sua função, sendo necessário reaplicá-la para obter o resultado desejado.

Além dos tratamentos estéticos que envolvem harmonização facial, a toxina botulínica pode ser utilizada pelo profissional capacitado, em Vitória (ES), para procedimentos odontológicos, como disfunção da ATM, bruxismo e o tratamento de sorriso gengival.

O que é ácido hialurônico?

Já o ácido hialurônico é uma substância que é produzida pelo organismo humano, e que em cada região aplicada possui uma finalidade diferente. Normalmente, o ácido procura harmonizar, dar volume e sustentar a pele do paciente para que assim ele transmita uma aparência de ser mais jovem.

Quando aplicado no dorso do nariz, o ácido hialurônico visa eliminar as marcas, já nas maçãs do rosto ele busca aumentar o tônus, nos lábios ele funciona para dar volume e nas demais regiões do rosto sua finalidade é eliminar as rugas e sinais de envelhecimento. Esses resultados ocorrem, pois quando aplicado o ácido visa preencher os espaços vazios do rosto e consequentemente ele estimula a produção do colágeno que com o passar dos anos o nosso organismo deixa de produzir em grande quantidade, e assim a nossa pele fica frágil e perde a firmeza.

A duração da aplicação do ácido hialurônico depende muito da quantidade de produto utilizado. Normalmente quando se utiliza uma maior concentração, pode durar entre um ano e meio a dois anos, e em casos de substâncias menos concentradas a duração chega a ser entre 12 a 15 meses, após esse prazo é indicado que seja reaplicado a substância para que assim se alcance o resultado desejado.

 

Diferenças entre toxina botulínica e ácido hialurônico?

Agora que você já sabe para que serve e como funciona cada tratamento, é preciso deixar claro que a principal diferença entre a toxina botulínica e ácido hialurônico se encontra no local que é aplicado. A toxina é injetada no músculo e o ácido por sua vez é injetado na pele.

A mais comum confusão ao compreender as diferenças entre ambas as substâncias são que muitos entendem que como são introduzidas na pele elas realizam a mesma função, mas, como já dito, a toxina botulínica funciona como um reagente que paralisa o músculo para evitar que através da movimentação muscular se desenvolva rugas, já o ácido hialurônico faz o tratamento reverso, pois ele repõe o volume da face que foi perdido com o passar dos anos e age como um combatente da flacidez.

De maneira simplificada, a toxina botulínica funciona para amenizar as rugas e evitar que o rosto fique com marcas de expressão e o ácido busca dar volume para a face transmitindo um ar de juventude natural.

 

Como escolher qual tratamento realizar?

Para saber qual tratamento é ideal a ser realizado, primeiramente, é preciso agendar uma consulta com o Dr. Enio Leite, profissional capacitado em Vitória (ES), pois ele irá avaliar o método estético mais adequado para cada paciente, e irá identificar o quadro de cada um.

A avaliação é necessária, pois assim o profissional da área consegue identificar as suas principais queixas e irá recomendar de maneira precisa a área que deve ser tratada, a fim de melhorar o seu bem estar e autoestima.

No momento de escolher entre a toxina botulínica e o ácido hialurônico, o cirurgião dentista irá indicar a substância mais adequada para cada área a fim de ser tratada naturalmente.

 

Deixe um comentário